domingo, 20 de outubro de 2013

MÁGICA DE POETA

Às vezes a dor não cabe nas palavras
Então procuram os poetas uma opção.

Às vezes as pessoas não os entendem
Por que andam sempre na contra mão.

Às vezes não choram pois  as  lágrimas os traem 
Pegam um rumo, seguem o vento e  se vão.

Então se juntam a Deus e como  mágicos 
Criam  uma melodia, transformando a dor em canção.



 



Bjokas no coração!