terça-feira, 17 de outubro de 2017

MORGANA FADA - O PRIMEIRO NAMORO - TEXTO - 3

O MEU PRIMEIRO NAMORO

Após alguns meses indo à escola com o mesmo vestidinho azul, iniciaram as perguntas maldosas das filhinhas de papai que tinham vários guarda-roupas e trocavam-os a cada estação do ano.Cada aula era um verdadeiro desfile de moda, inspiradas nas viagens que faziam de férias com suas famílias ricas.
- Você não tem outros vestidos??? Vem sempre com esse!
Comecei a ficar constrangida e a partir daí, o dia de ir pra escola sem a farda, virou um verdadeiro tormento. Já ia dormir pensando. Então resolvi usar mais o segundo vestido, que era um de estampa miúda, de fundo vermelho, que realçava bem minhas curvas.
Com esse vestido conquistei aos doze anos meu primeiro namorado. Ele era lindo, de cabelos lisos e negros. Um dos garotos mais lindos e mais cobiçados do bairro. De família rica, andava sempre muito bem vestido, um charme! Senti uma espécie de poder ainda não experimentado! A própria mulher maravilha... Não conseguia pensar em outra coisa. Eu, logo eu, consegui marcar um encontro com o garoto mais lindo, mais charmoso! Todas aquelas garotas agora iriam ficar com inveja. Gente, namoro adolescente realmente atrapalha a escola! Não sabemos nessa idade lidar com as paixões, tudo fica muito maior. Na verdade, paixão é um sentimento difícil de lidar em qualquer idade, convenhamos!
No dia do encontro, que foi num arraial da igreja católica, tudo estava mais bonito para mim. As barracas enfeitadas com bandeirinhas coloridas. O animador lendo aqueles recadinhos românticos no microfone, tendo como fundo musical os sucessos nordestinos da época. As pessoas passeando, os namorados de mãos dadas. Era junho de 1972, Rio Branco muito diferente de hoje, não havia a violência desenfreada que vivemos atualmente; as pessoas iam e vinham de seus lazeres com alegria, tranquilas. Eu mesma, fui com uma tia mais nova que eu ao Arraial, minha mãe deixava. Ela por ser mais nova dois anos, acreditava nos meus devaneios. Na hora em que Joelzinho chegou minha tia foi para barraca da pescaria. Querem saber como foi o encontro????
Aguardem, daqui a pouco eu concluo... Não esqueçam...Estou doente e de vez em quando preciso parar.... Tomar rémedio.... RS.
Gente, meu sonhado namoro durou contados 15 minutos. Lá se foram todos os meus sonhos com beijos, olhares românticos... Sim, na época da minha juventude, os namoros existiam. Eram só​ beijos e olhares...No máximo uma ou outra carícia mais indiscreta, do investidor masculino, que eram seguidas de um NÃO bem grande e sonoro!
A culpa não foi do garoto! E foi, né??? Eu nunca tinha namorado, era marinheira de primeira viagem. Eu primeiramente fiquei olhando pra ele...Ele...Gente, como era lindo, assim de pertinho! Então fiquei muda! Ele começou a falar comigo...Mas eu nem ouvia... Só olhava... Olhava...Olhava...Sei que falou muitas coisas....Esperava eu responder...Falava mais! Como era lindo!!! Quanto mais ele falava mais eu achava ele lindo!!! Ele me pediu um beijo! Então eu que estava muda...Virei estátua!!! Acho que é por isso que gosto de estátuas até hoje!!!! Sabem o que ele fez???? Virou as costas para mim e foi embora!!!! Nunca mais olhou na minha cara! Essa foi minha primeira decepção.

ASSINA MORGANA

Conheça minhas Obras:
http://umpensamentovirtual.com.br
maze.pag.zip.net
http://clubedeautores.com.br/authors/157692
Face book : /maze.oliveira2

CONTATOS: Email:mazeoliver1@gmail.com


Bjokas no coração!

Um comentário:

  1. KKKKKKK Linda história. No meu caso, quem ficou mudo foi... Eu! Mas são lembranças lindas, repletas de romantismo, de inocência. Continue.
    Abração.

    ResponderExcluir

Deixe aqui sua impressão sobre a postagem. Seja sincero(a), para que eu possa crescer como escritora e poeta. Agradeço de coração sua opinião. Volte sempre. Bjs.