quarta-feira, 15 de junho de 2011

PARA RIRMOS JUNTOS...

         Hoje resolvi escrever um texto suave. Para rir um pouco... rir das coisas da vida. É meus amigos,  temos que parar de vez em quando e rir da nossa própria vida!... Melhor rir...  do que chorar! É melhor nós mesmos rirmos dos nossos problemas, do que os outros riam de nós!...

         Num encontro de formação de coordenadores (que dura o dia todo) na hora do intervalo, encontrei alguns amigos. E papo vai,  papo vem,  estávamos comentando sobre nossa vida e chegamos às nossas mães!   Nessa nossa vida de coordenador, sem tempo para nos dedicar a família, nossas mães já idosas vão ficando carentes. Minha amiga comentava que sua mãe nos últimos meses, havia lhe reclamado que estava muito calor e que não conseguia dormir.

        - Mamãe, só sobrar tempo vou comprar para senhora um ventilador! É que estou num curso de formação!...
        - Minha filha, quase não durmo de noite de tanto calor!...
        - Sei mamãe,  mas prometo da outra semana não vai passar,  lhe compro esse ventilador! Ou a sra. prefere um ar condicionado?
        - Não minha filha, ar não posso usar,  me doem todos os ossos!
        - Está certo então, vai ser o ventilador mesmo!

        E mesmo minha amiga prometendo comprar o tal ventilador,  sua mãe havia ligado todos os dias de curso, para relembrar que à noite não havia "pregado o olho" ou seja dormido. O motivo... o mesmo,   fazia muito calor.  Continuava "precisada"  demais do ventilador.

         Isso não é nada! Falou meu outro amigo. Preciso contar o que a minha mãe anda aprontando. Porque nessa idade, quem apronta não somos nós,  são nossos pais, é a hora da "vingança"...  deles...kkk!

          Então entre risos e no bom sentido... claro!  Sairam algumas histórias,  cada uma... mais engraçada que a outra...
          Minha mãe... tadinha... sofre de um transtorno  e dá muito trabalho quando está  eufórica...pra não dizer zangadinha... na última crise,  se recusava a tomar uma injeção. Depois de todos da família tentarem tudo, nada adiantava, ela piorava a cada dia, por falta do tal remédio!  Não tendo mais alternativas para convencê-la, resolvemos enfim acionar o  SAMU (Unidade de Saúde) por ordem do médico.  Ao ver a equipe médica, como por um milagre...  ela se transformou...  ficou lúcida!  Ofereceu até  cafezinho e quase quem termina internadas, fomos nós... as filhas! kkkkk! Depois de muita,  muita conversa, enfim... ela aceitou a injeção!

          E a minha...  outro dia procurava seu óculos... por todos os lugares. Parou perto de mim e perguntou:

            - Foi você quem pegou meu óculos?! Seu traquino!
            - Mamãe,  seu óculos está na sua cabeça!...
            - kkkkkkk...

            Sim,  mas e o ventilador?!... Você comprou ou não... para sua mãe?!  Lógico! Não podíamos deixar essa história sem final!

            - Comprei sim. Só que quando cheguei na casa dela, tinham mais quatro ventiladores!... Cada um dos meus irmãos comprou um! 
            - kkkkkkkk...

            E eu, deixa eu contar o sonho que tive... kkkk... com a minha mãe!... Ela apronta comigo até em sonho!...

         Bom, se vocês estiverem gostando do texto,  eu termino de contar a última história! kkkk!

                                                Bjokas no coração!

6 comentários:

  1. Mazé,
    Ótima postagem! De fato, rir é o melhor remédio. Ao menos nos faz deixar os problemas de lado. É por isso que gosto de escrever mensagens alegres. Epaaa... Não significa que eu tenha tantos problemas assim!
    Mas, aproveite e passe um recado à sua amiga: aqui em Itatiba/SP está fazendo bastante frio. Tenho uma porção de ventiladores que eu posso vender a ela bem baratinho, se a mãe dela ainda estiver sentindo calor.
    Abração.

    ResponderExcluir
  2. Amiga, claro q gostei da historia...td mundo tem uma boa historia pra contar de mae ne?! Eu adoro a minha, entao sou suspeita pra falar...rsrsrs. Bjs e fik c Deus.

    ResponderExcluir
  3. Mazé, ótima crônica.

    Realmente, me diverti um bocado, agora, se a tua amiga tivesse comprado logo o ventilador, teria poupado custos aos demais irmãos, mas mãe é assim mesmo, elas monopolizam a todos.

    Bj querida, até outras...

    ResponderExcluir
  4. quero sim ler a última história Mazé... sorrir faz muito bem na vida. Amiga vim te convidar para a reabertura do Ostra da Poesia, o convite se encontra na postagem de hoje... e tb vim te pedir votinhos para copa blog :-) estou na semi final até domingo... posso contar contigo? beijos no coração e dias de muita luz e afagos!

    ResponderExcluir
  5. Oie doladinha KK CLARO QUE QUERO LER SUA HISTORINHA DOLANDO... ..vim correndo tô até cansada kkkk ..CONVIDAR VC para o niver de Máriozinho LORD POETA..lá no arraiá.. tem chocolate quente ..uma receitinha de quebra queixo hummmmm ...e o bôlo de Mariozinho é a carinha dele ....espia só kkkkkk feliz fds ..te dolu beijokinhas fuiiii!!!ANARRIÊEEEEEEEEEE

    ResponderExcluir
  6. O gostoso da vida são esses momentos alegres de histórias pra contar...grande beijo de bom final de semana...

    ResponderExcluir

Deixe aqui sua impressão sobre a postagem. Seja sincero(a), para que eu possa crescer como escritora e poeta. Agradeço de coração sua opinião. Volte sempre. Bjs.