quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

O que é que vale a pena?


Em meus devaneios noturnos depois de um dia estafante de trabalho,

reflito e penso se vale a pena essa louca maratona de trabalhar à exaustão!...

Enquanto isso a vida passa, e como diz a música eu telefono... e você

já não me atende mais...
Sabe porquê?! A fila andou...

E a nossa felicidade?! Quem disse que felicidade é trabalhar até ficar estafado?!

Louca ESCRAVIDÃO do sistema capitalista!
Quanto mais trabalhas ... menos mereces. E enquanto isso a vida passa!... Eu não me entrego!
Preciso... preciso...
Tal qual artista  precisa da arte,
Ver mais vezes o por do sol!
Pisar mais vezes na grama molhada!
Olhar a lua!
Escrever outras poesias!
Olhar outros olhos...
Ou seja... viver outras coisas!


              Bjokas no coração!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua impressão sobre a postagem. Seja sincero(a), para que eu possa crescer como escritora e poeta. Agradeço de coração sua opinião. Volte sempre. Bjs.