quinta-feira, 10 de novembro de 2011

O reverso do avesso

És o reverso do avesso.
O pouco do muito e tanto...

Ao  sonhar,  radiante...
Brilho  escondido no  olhar.
Alma  dançarina e criança...
Por doce  vida...
a saltitar.

Ao  tagarelar uma canção,
    Cantando a  arte...
       E tão bela.
          Visível vida  brotando,
              nas notas e canções.
                 Dedos a dedilhar.

Artista a queimar
Febre de vida e de dor.
Ardendo em lágrimas a compor...
Um dia a mais...
Na sua vida.
Melancolia...e esperança.

                      
                                                  Bjokas no coração!

Um comentário:

  1. Doladinha adorei o texto ...passando para te convidar para meu niver kkkkk ainda está longinho ..mas estou atolada por d++ com a reforma do telhadinho da casa de minha mamy ..então ..espero vc e familia ..dog ..cat ..papagaio..kkkkk !!! Vai ser no meu cafofinho!!! enderecinho dele kkk http://nadjaloukapornet.blogger.com.br/ Dia 20/11/2011 o dia inteiro Conto com sua presença !!! Beijus amadinha!!!!

    ResponderExcluir

Deixe aqui sua impressão sobre a postagem. Seja sincero(a), para que eu possa crescer como escritora e poeta. Agradeço de coração sua opinião. Volte sempre. Bjs.